O que é um salto cubano

O salto cubano é um tipo de salto para sapatos predominantemente masculino. Foi muito utilizado de forma social nas décadas medianeiras do século XX, embora ainda seja encontrado nos dias atuais.

Um pouco mais alto que os saltos masculinos convencionais, o salto cubano tem, em média, uma altura de quatro a sete centímetros. Sua grande largura, cobrindo toda a área do calcanhar proporciona uma grande estabilidade e segurança ao caminhar. É geralmente feito de madeira, podendo ser revestido de couro ou mesmo produzido inteiramente de elementos sintéticos como a borracha.

Mas por que o salto tem esse nome? O salto cubano leva esse nome por ter sua origem ligada ao continente americano, em especial à sua porção central, onde se localiza o país caribenho.

Os cavaleiros do continente americano usavam botas que se destacavam por um salto muito peculiar, caracterizado por ser curto, grosso e com linhas retas. O motivo para esse desenho se devia a necessidade de estabilidade ao pisar nos estribos dos cavalos, o que seria afetado por sapatos com saltos de características diferentes.

Ainda assim, isso não significa que essa seja a gênese absoluta desse tipo de salto, uma vez que outros modelos bem semelhantes já foram utilizados em diferentes regiões e tempos. O único motivo que faz com que o salto tenha se popularizado com esse nome, assim como sua história com essa versão, é o fato de que essa é uma realidade mais próxima (histórica e geograficamente) do tempo em que esses saltos se tornaram muito populares.

Nas décadas de 1950 e 1960 nos Estados Unidos e na Europa, os saltos cubanos foram muito utilizados por homens como um sinal de elegância e costumavam ornar com ternos e trajes de gala. Além disso contaram com a ajuda de fatores culturais para sua popularização. Na dança e na música, o salto cubano encontrou adeptos importantes e a partir daí se tornaram comuns nos pés das pessoas de maneira geral.

Provavelmente, os adeptos mais ilustres dos saltos cubanos foram os Beatles. A banda de Liverpool teve seus primeiros anos marcados pelo visual comportado, cabelos comportados e ternos meticulosamente alinhados e padronizados entre os membros da banda. Além de toda a indumentária citada, Paul, John, George e Ringo estavam quase sempre sobre saltos cubanos em suas apresentações.

Seguindo na música, os saltos cubanos também se notabilizaram por calçar os pés de grandes dançarinos de ritmos latino-americanos. Não só a salsa e o bolero cubanos, mas também a rumba, cumbia, merengue, samba, tango e diversos outros gêneros tinham seus dançarinos deslizando saltos cubanos sobre o salão. Isso se dá também pela característica agitada desses ritmos, exigindo sapatos que confiram estabilidade ao dançarino.

Ao longo do século, os saltos cubanos foram perdendo espaço, assim como boa parte dos saltos em sapatos masculinos. A década de 1990 pode ter significado o declínio completo do salto. Ainda assim ainda há quem opte por esse tipo de elevação nos calçados e a chamada “moda vintage” olha para os saltos cubanos com bastante atenção.

 

Add to cart